Bolsonaro vai ao cinema. Qual filme ele viu?

O presidente Jair Bolsonaro, a primeira-dama Michelle Bolsonaro e Damares Alves tiveram um agenda difernte esta terça-feira (26.03). Foram a um shopping, em Brasília, para assistir a um filme em uma sessão exclusiva.

A assessoria do Park Shopping confirmou a presença presidencial, mas não divulgou o nome do filme. Sabe-se que o convite veio da Fox Filmes.

Investigado na Lava Jato é encontrado morto em Porto Alegre

Antônio Claudio Albernaz Cordeiro foi encontrado morto em Porto Alegre no último domingo (24). Ele é apontado pelo MP como suspeito de atuar como doleiro da Odebrecht.

Conhecido como Tonico, o homem estava na sua casa, quando foi encontrado. Entretanto, a Polícia Civil do Rio Grande do Sul suspeita de suicídio.

“Todos indicativos do levantamento preliminar apontam para suicídio, não há indicativo inicial de ter sido homicídio”, disse a delegada Vanessa Pitrez, diretora do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa, portanto.

Michel Temer e Moreira Franco soltinhos

O desembargador Antonio Athié, do TRF2, determinou nesta 2ª a soltura do ex-presidente Temer, do ex-ministro Moreira Franco,e mais 6 pessoas.

Athié é o relator do pedido de liberdade protocolado pela defesa de Temer. O pedido, no entanto, seria julgado na 4ª feira, mas foi antecipado pelo desembargador.

Ele diz que verificou que “não se justifica aguardar mais 2 dias para decisão, ora proferida e ainda que provisória.”.

Mourão preocupado com falta de votos pela Previdência

O presidente interino, general Mourão, disse (21.mar.2019) que o governo está preocupado com a falta de votos favoráveis à reforma.

“A preocupação é total e nós vamos ter que trabalhar dentro do Congresso. É conquista de corações e mentes”, disse.

A declaração, portanto, foi dada ao sair de seu gabinete no Palácio do Planalto.

Mourão também disse que a prisão de Temer não deve atrapalhar a relação do governo com o Congresso. “Tem ruído, vai ficar esse ruído,  mas vamos aguardar. Daqui a pouco pode ser que ele seja solto. Vamos esperar para ver o que pode acontecer. Volta e meia, daqui a pouco 1 ministro qualquer dá 1 habeas corpus para ele.” 

Maia coloca PT e PSOL para analisar pacote de Moro

Maia criou um grupo de trabalho para analisar o pacote anticrime do ministro Sérgio Moro.

Comporão o GT os deputados Paulo Teixeira, do PT , Marcelo Freixo, do PSOL. No entanto, a deputada Carla Zambelli, do PSL, e o deputado Capitão Augusto, do PR, também participam.

Portanto, o confronto entre Maia e o Governo continua.

PF indicia mais uma vez Lula e filho

A PF indiciou Lula e seu filho, Luís Cláudio, por supostos crimes de lavagem de dinheiro e tráfico de influência. A investigação mira pagamentos à empresa de marketing esportivo Touchdown, de propriedade de Luís Cláudio.

Segundo a PF, a empresa teria recebido R$ 10 milhões em alguns anos “apesar de seu capital social de R$ 1 mil”. A investigação, no entanto, é abastecida pela delação da Odebrecht



Físico brasileiro Marcelo Gleiser ganha Prêmio Templeton

Físico e astrônomo brasileiro Marcelo Gleiser se tornou o primeiro latino-americano a ganhar o Prêmio Templeton. A honraria já foi concedida a líderes espirituais e religiosos como Dalai Lama e Madre Teresa de Calcutá.

Ele estuda as origens do universo como pesquisador da Universidade de Dartmouth College, no estado de New Hampshire, nos Estados Unidos. Mas ele acredita que as respostas não estão limitadas ao que se descobre em laboratório.

Marcelo, portanto, é um dos principais defensores de que ciência e religião andam juntas.

O prêmio Templeton, uma espécie de Nobel da religião. Esse prêmio é, desta maneira, dado para grande personalidade que ajudam a entender o papel da espiritualidade na vida.

Brasil abrirá mão de direitos na OMC para ingressar na OCDE

O presidente Jair Bolsonaro concordou em abrir mão do tratamento diferenciado que recebe na OMC. Em troca, os Estados Unidos apoiará o Brasil na adesão à Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Portanto, a decisão foi acertada em reunião de Bolsonaro com o presidente Donald Trump na Casa Branca.

A OCDE reúne os países mais industrializados do mundo e estabelece parâmetros de regras econômicas para os membros. Trump elogiou os esforços do Brasil para reformar a economia, além de manifestar apoio para que o Brasil inicie o processo de adesão.

Em troca, o chefe de Estado norte-americano pediu que o Brasil abra mão do status especial nas negociações da OMC.

“De maneira proporcional ao seu status de líder global, o presidente Bolsonaro concordou que o Brasil começará a abrir mão do tratamento especial e diferenciado nas negociações da Organização Mundial do Comércio. Em linha com a proposta dos Estados Unidos”, destacou o comunicado conjunto.

Malafaia ataca Eduardo Bolsonaro: ‘pare de falar asneira’

No fim de semana, repercutiu a notícia de que Eduardo Bolsonaro (PSL) criticou os brasileiros que vivem de forma ilegal no exterior. Disse o deputado: “vergonha para o Brasil”.

A declaração do deputado foi feita em Washington, quando comentava a possibilidade de o governo brasileiro isentar americanos da exigência de vistos para entrar no Brasil. Mas a mensagem não caiu bem para muita gente.

Depois disso, foi um aliado de Jair, o pastor Silas Malafaia, quem criticou o filho do presidente, pelo Twitter.

“EU SOU EXATAMENTE AO CONTRÁRIO DO QUE PENSA EDUARDO BOLSONARO. Não tenho vergonha dos brasileiros ilegais que estão em diversas nações poderosas. Não são vagabundos nem pilantras, pelo contrário, trabalhadores que foram tentar a vida fugindo do desemprego. ISSO É A MAIORIA DELES!”

Alem disso, o Malafaia completou a crítica:

“O FILHO DO PRESIDENTE, Eduardo Bolsonaro, ajudaria muito mais ao governo do seu pai, parando de falar asneira. Poderia ter ficado de boca fechada na questão dos imigrantes ilegais brasileiros. Não conhece a realidade da questão. A maioria, quase que absoluta, vai para trabalhar”.

Portanto, o duelo está armado.

Bolsonaro escolhe brasiliense Izalci como um dos vice-líderes no Senado

O senador brasiliense Izalci Lucas (PSDB) foi escolhido na tarde de hoje como um dos vice-líderes do governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) no Senado. O encarregado pelo anúncio foi o líder da bancada governista, senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE).

Izalci espera o encontro com o presidente Jair Bolsonaro nesta quarta-feira (13), quando sera oficializado o convite no Palácio do Planalto.

“Tive a alegria de receber hoje a aceitação dos convites que fiz em nome do presidente Bolsonaro para compor a minha equipe de vice-líderes aqui no Senado Federal”, comemorou Bezerra.